Reforma da Previdência: será SEPARAR aposentadorias dos benefícios sociais


Ou seja, a equipe encabeçada pelo senhor Paulo Guedes pretende separar a contabilização dos benefícios previdenciários (quando há contribuição do trabalhador) dos assistenciais. (Reforma da previdência de Bolsonaro)

O argumento é que essa divisão daria maior transparência aos números e facilitaria a gestão.

Para compreendermos, benefício assistencial, como exemplo temos o Benefício de Prestação Continuada (BPC) da Lei Orgânica da Assistência Social(LOAS) que garante um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios para seu sustento.

benefícios previdenciários são aqueles (quando há contribuição do trabalhador) tais como: Aposentadoria por Tempo de Contribuição, Aposentadoria especial por tempo de contribuição, Aposentadoria por Idade Urbana, Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Idade, Aposentadoria por invalidez, Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Tempo de Contribuição, Aposentadoria por tempo de contribuição do professor dentre outros. Veja a lista completa desses benefícios aqui!



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário