A importância de se manter atualizado na área do Direito

...que modificou o sistema de previdência social, estabeleceu regras de transição, dentre outras coisas....a importância de manter-se atualizado na área do Direito


Desde o início da cogitação da Proposta de Emenda à Constituição – PEC nº 287/2016, (ainda no governo do Ex-Presidente Michel Temer), até a conclusão da PEC 06/2019, que acabou por ser transformada na Emenda Constitucional nº 103/2019, que modificou o sistema de previdência social, estabeleceu regras de transição, dentre outras coisas. Temos defendido por meio de publicações aqui no Jus Brasil e em nosso canal no YouTube, a importância de manter-se atualizado na área do Direito.

Isto porque, em especial a área que escolhemos nos filiar e lecionar (direito previdenciário), passa por constantes adaptações, logo, a atualização constante torna-se uma necessidade imprescindível.
Não precisamos nos esforçar muito, para te convencer que diante da atualização constantes das normas jurídicas, aquele que milita em qualquer dos ramos do direto, e que busca o aperfeiçoamento intelectual e profissional com a frequência da mutabilidade da área, tem maiores chances de se mostrar preparados para lidar com as diversas situações que esse cenário exige.
A exemplo disto, no vídeo que disponibilizaremos abaixo, chamo a atenção daqueles que labutam na área do direto previdenciário, da importância de se manterem atualizados com novas publicações de obras sobre o tema em questão.
Para o profissional, não basta tomar conhecimento do assunto por meio da mídia. É de rigor compreender as mudanças sob o aspecto técnico e prático, a fim de que possa agregar valor e transmitir como forma de conhecimento para seus clientes.
Os profissionais do direito, devem transformar a informação em conhecimento, comparando, analisando, e buscando conexões entre obras já existentes com atualizações sobre a matéria.
Umas das formas de fazer isto, é buscar aperfeiçoamento que sejam referências em sua área de atuação.
Veja o vídeo citado!
Crédito da imagem acimaLFG – extraída do Google sob o título de “Concursos Públicos, Exame da OAB e Pós-Graduação - LGF”. A qual ostentava a seguinte legenda: “As imagens podem ter direitos autorais”.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário