COMO SE COMPORTAR NA PERÍCIA MÉDICA DO INSS




O trabalhador que sofrer um acidente ou for acometido por alguma doença e precisar ficar afastado por um período superior a 15 dias, é obrigado a passar pela perícia médica junto ao INSS, que serve para avaliar se realmente o afastamento é necessário e se esse segurado vai receber o auxílio-doença.




O que é avaliado em uma perícia do INSS

Os médicos do INSS por força de lei estão obrigados, a seguir a risca o Manual de Perícia Médica da Previdência Social.

O Manual de Perícia Médica da Previdência Social é uma instrução normativa do INSS, que obrigado os peritos a desenvolver seu laudo (parecer técnico conclusivo na avaliação da incapacidade laborativa), após avaliar o segurado, nos termos ali estabelecidos.

Em outras palavras, ele (médico/perito) deve verificar as condições de saúde, a profissão, o histórico de vida, os exames médicos até chegar a uma conclusão. O perito deve fundamentar sua decisão.

Levar documentos

A orientação é que o segurado leve documentação médica, tais como atestados, laudos, receitas e exames, a fim de subsidiar o médico-perito.

É importante ainda, que no dia do comparecimento, o segurado leve documentos que comprovem a profissão como carteira de trabalho, declarações da empresa em que trabalha. Isto porque, é importante que o profissional tenha conhecimentos de dados sobre a sua vida laborativa.



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário