INSS facilita regra de bloqueio do empréstimo consignado

O desconto do pagamento de empréstimo pessoal e cartão de crédito, concedidos por instituições financeiras, deverão obedecer regras e autorização para desconto de prestações em folha de pagamento na aposentadoria e pensão por morte pagas pela Previdência Social.

É sempre bom lembrar que o desconte é limitado em 35% (trinta e cinco por cento), sendo 5% (cinco por cento) destinados exclusivamente ao pagamento de cartão de crédito.

A partir de agora se o beneficiário realizar reclamação junto ao INSS, alegando que não autorizou a consignação/retenção na forma acima, serão suspensos os descontos, permanecendo bloqueados até o final da apuração da reclamação.  

A apuração deverá ser concluída no prazo de 180 (cento e oitenta) dias, prorrogável por igual período, mediante justificativa. Para verificar se os descontos em sua conta salário não se mostra indevido.

Leia o decreto com as normas AQUI
Gostou da publicação? Recomende-a clicando nos ícones abaixo! Com isto, você estará levando informações às pessoas que necessitam saber dos seus direitos e, fortalecendo a nossa comunidade aqui no BLOG!
Compartilhe também em suas redes sociais!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário